Paulo Corrêa é titular de grupo de trabalho que vai definir nova lei do gás em MS

Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), o deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB) é membro titular do grupo de trabalho que vai definir a nova lei do gás no Estado. O comitê, que reúne representantes da indústria, Governo do Estado, agências reguladoras e MSGás, foi formado nesta terça-feira (8), em reunião na Casa da Indústria, em Campo Grande. 

O grupo de trabalho será responsável por conduzir as discussões sobre o novo marco legal do gás natural em Mato Grosso do Sul. A nova legislação, sancionada pela Presidência da República em abril, permite a abertura do mercado do gás no País e representa a aposta do setor produtivo para a retomada do crescimento econômico. 

“Com a abertura do mercado, vamos dar competitividade ao gás natural, impulsionar a Indústria, fortalecer nossa agência reguladora, garantir segurança jurídica ao investidor, mas, principalmente, gerar as receitas que vão financiar as políticas públicas estaduais. É uma discussão prioritária para a Assembleia Legislativa. Os 24 deputados estaduais , sem dúvida, não se furtarão da missão de atuar em prol do desenvolvimento do nosso Estado”.

Apesar da atuação da Confederação Nacional da Indústria (CNI) para aperfeiçoar a norma federal, os termos da eventual abertura do mercado ficarão a cargo da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan), após aprovação do regramento legal pela Casa de Leis, no momento oportuno.

“Vamos estudar o que já está na lei federal e, com suporte da FIEMS e CNI, vamos conseguir elaborar um projeto que alcance as necessidades de Mato Grosso do Sul”, completou Paulo Corrêa. O secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, considera que a discussão já começa acerta por todos os atores interessados presentes. “Esse é um passo importante. Temos que buscar energia barata para proteger a nossa empresa, nosso Estado, e o setor produtivo’’, avalia.

Mercado livre do gás natural para impulsionar o desenvolvimento de MS

A expectativa do grupo, conforme o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (FIEMS), Sérgio Longen, é o desenvolvimento sul-mato-grossense por meio de um arcabouço legal moderno, que vai possibilitar a atração de grandes consumidores de gás natural. 

“O início do processo foi o governo federal, junto ao Congresso Nacional, permitir que os estados possam avançar na discussão do uso e, também, da compra, do transporte do gás natural no mercado livre. Então, esse grupo de trabalho que foi criado aqui hoje, vai buscar, com os seus parceiros, tendo aqui uma condição clara de que gás natural é ferramenta de desenvolvimento, permitir que as empresas possam comprar gás natural a preços competitivos. A ideia é que tenhamos preços competitivos internacionalmente, avaliando o custo final do gás e que tenhamos aqui uma legislação moderna para atrair as grandes empresas”.

Legislação moderna e abrangente

A partir da discussão iniciada, pontual o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), será possível estreitar as relações com a Bolívia, de onde vem o gás natural.

A legislação estadual, reforçou, deve ser pensada a partir da posição geográfica de Mato Grosso do Sul. “O objetivo aqui hoje foi a integração entre o poder público e privado para que a gente possa construir uma nova política de desenvolvimento do gás natural em Mato Grosso do Sul, com benefício da economia, aumento das exportações, redução de preço e expansão do gasoduto no Estado, através de uma lei moderna de tal forma, que a gente consiga colocar o gás na nossa pauta de desenvolvimento”, afirma.

Presidente da MSGás, Rui Pires dos Santos destacou que a distribuidora tem grande interesse na discussão porque aumenta a competitividade do gás natural. “Durante o governo Reinaldo (Azambuja) saímos de 4 mil clientes para 11 mil. Estamos crescendo demais no Estado e, sendo competitivos, vamos crescer mais ainda. Temos o maior interesse, nas palavras do presidente Sérgio Longen, para reduzir o preço e aumentar a nossa competitividade”.

“A Agepan já está trabalhando no mercado livre do gás e temos como ajudar e muito para que possamos atingir esse objetivo, que é levar energia ao custo mais competitivo para as indústrias que venham se instalar no Estado. Queremos colaborar com essa iniciativa da FIEMS que tenho certeza, é o futuro do nosso Estado”, afirmou o diretor-presidente da agência, Carlos Alberto Assis.






Últimos posts

como_se_libertar_de_uma_traicao_

feijoada_beneficente_ong_junta_mais_

assessoria_militar_da_agems_completa_dois_meses_na_seguranca_dos_servidores_e_no_combate_ao_transporte_clandestino

equipe_de_karate_de_campo_grande_disputara_campeonato_estadual_em_dourados_

jose_antonio_avesani_apresenta_a_cervejaria_bamboa_a_autoridades_e_grupo_de_empresarios_do_paraguai_

reviva_o_natal_nos_bairros_chega_ao_bom_retiro_e_leva_alegria_e_diversao_a_moradores

acordo_de_cooperacao_celebra_o_dia_internacional_de_combate_a_corrupcao

pantanal_extremo_reune_provas_nacionais_e_pode_se_tornar_o_maior_evento_de_esportes_do_brasil

com_mais_de_40_locais_abertos_a_tarde_e_drive_ate_22h_prefeitura_avanca_na_vacinacao_contra_a_covid_19

governo_quita_13_dos_servidores_e_injeta_r_211_milhoes_na_economia_comercio_comemora

nova_caravana_da_saude_tem_r_120_milhoes_para_exames_e_cirurgias_se_precisar_colocaremos_mais_recursos_diz_governador

ms_e_mais_4_estados_assinam_manifestacao_conjunta_por_melhorias_na_bacia_do_parana

thais_abicalaf_e_sua_ong_junta_mais_um_exemplo_a_ser_seguido

interlocucao_da_alems_possibilita_a_criacao_do_programa_cnh_ms_social

novo_espaco_inaugurado_pela_oab_ms_caams_e_conselho_atendera_advocacia_de_ponta_pora

general_r3_and_the_black_family_se_apresentam_neste_sabado_18_na_temporada_2021_do_som_da_concha

nao_me_provoque_primeiro_single_da_socios_band_sera_lancado_nesta_sexta_3_no_blues_bar

vem_ai_o_show_do_ano_gravacao_dvd_icaro_e_gilmar

novo_pacote_de_obras_vai_concluir_oito_escolas_reformar_postos_e_construir_casas_para_220_familias

_estamos_vigilantes_diz_reinaldo_azambuja_sobre_queimadas_no_pantanal

mais_recursos_para_habitacao_renovam_esperanca_da_populacao_da_favela_cidade_de_deus

com_recorde_de_11_mil_inscritos_3_conferencia_nacional_da_jovem_advocacia_faz_historia

tjms_abre_consulta_participativa_para_a_construcao_das_metas_nacionais_do_poder_judiciario

porto_seguro_compra_50_da_conectcar_e_da_um_show_de_competencia_e_profissionalismo

obras_de_implantacao_de_esgoto_amplia_servicos_de_saneamento_beneficiando_mais_de_25_mil_pessoas_em_bairros_de_campo_grande

usando_sua_moto_eduardo_fez_sua_loja_de_castanhas_a_mais_famosa_da_cidade_

paulo_correa_e_titular_de_grupo_de_trabalho_que_vai_definir_nova_lei_do_gas_em_ms

guia_para_familias_que_procuram_por_imoveis

em_cerimonia_de_entrega_de_carteiras_presidente_mansour_presta_homenagem_as_mulheres_e_relembra_conquistas

governador_e_ministro_da_educacao_entregam_168_onibus_escolares_para_os_municipios_do_ms

governo_e_energisa_lancam_projeto_que_levara_energia_solar_a_toda_a_regiao_do_pantanal

cuide_de_suas_emocoes_e_da_saude_mental_na_vidarte_um_lugar_que_transforma_vida_em_arte_

ansiedade_no_relacionamento_