Saiba tudo sobre a Grande Mancha Vermelha de Júpiter

Tecnologia

Existem tempestades e furacões na Terra que já registraram ventos de até 320 quilômetros por hora, uma velocidade que pode destruir casas e cidades. Mesmo assim, esses eventos naturais terrestres não chegam perto do que acontece em um ponto específico da superfície de Júpiter: conhecida como a Grande Mancha Vermelha, é uma tempestade gigantesca que já registrou ventos de aproximadamente 640 quilômetros por hora.

De acordo com informações da Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (NASA), a tempestade está ativa na superfície de Júpiter há pelo menos 150 anos, mas talvez seja muito mais tempo do que imaginamos. Existem registros de que os antigos astrônomos começaram a observar a tempestade em meados de 1600, contudo, não há como definir se realmente se tratava da Grande Mancha Vermelha.

Leia mais…

Existem tempestades e furacões na Terra que já registraram ventos de até 320 quilômetros por hora, uma velocidade que pode destruir casas e cidades. Mesmo assim, esses eventos naturais terrestres não chegam perto do que acontece em um ponto específico da superfície de Júpiter: conhecida como a Grande Mancha Vermelha, é uma tempestade gigantesca que já registrou ventos de aproximadamente 640 quilômetros por hora.De acordo com informações da Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (NASA), a tempestade está ativa na superfície de Júpiter há pelo menos 150 anos, mas talvez seja muito mais tempo do que imaginamos. Existem registros de que os antigos astrônomos começaram a observar a tempestade em meados de 1600, contudo, não há como definir se realmente se tratava da Grande Mancha Vermelha.Leia mais…  Ciência Novidades do TecMundo 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *